[ editar artigo]

POSSO LEVAR MEU PET?

POSSO LEVAR MEU PET?

Alguém aqui discorda que os animais de estimação, em especial cães e gatos, fazem parte da família? Bem, eles sempre fizeram parte da minha, desde criança.  Mas, é verdade que costumavam ocupar o lado de fora da casa.  Isso até o Buddy entrar na minha vida... Este Shitzo de pouco mais de três anos, é quase uma extensão de mim - uma espécie de sombra - quando estou em casa. E confesso, sinto falta dele enquanto estou fora! Por isso, desde que ganhou de a cadeirinha para o carro ( obrigada "tia" Cida Stier) sempre que posso, eu o levo comigo.

Preciso confessar uma coisa...  ele dorme na minha cama!!!! Nenhum outro teve esse privilégio. Se bem que, quando eu era bem pequena, era eu quem fugia de todo mundo e ia dormir na casinha da nossa Pastor Alemão, a Kelly ( por causa da Grace Kelly, rssss). Lugar onde também costumava me esconder quando achava necessário! 

Outro dia, fui convidada a testar os serviços de um hotel petfriendly, em Curitiba. Lá fomos,  Buddy e eu! Foi muito divertido e muito gostoso também! Porque naquele hotel, as pessoas realmente gostam de animais, não se trata apenas de negócio.

Porém, do ponto de vista de negócio, este é um nicho e tanto. Andei lendo e descobri que em 2013, o IBGE apontou o Paraná como o Estado  brasileiro que mais tem cães em lares! À época, foram registrados 52,4 milhões de cães vivendo entre famílias paranaenses!!! 

No início do ano, fui com  as jornalistas, Vanessa Brollo, Glaucia Andrea Domingos e Mônica Kaseker ( mães de Pet e amigas desde a faculdade), a uma padaria no Hugo Langue. Eis que, de repente, entra uma moça com um Golden Retriever enorme e lindo! Confesso que fiquei muito surpresa,  só tinha visto isso na Europa! Porém, adorei! rsss

Vários bares da cidade já aceitam pets mas, a maioria, os permite apenas do lado de fora. Ainda são poucos os que aceitam os bichinhos do lado de dentro. Ao contrário dos grandes shoppings que colocam como restrição apenas o uso da guia e em alguns casos aceitam apenas as raças pequenas.

Respeito quem gosta e quem não gosta de animais, mas acho bacana que hoje existam essas opções. Assim, todo mundo fica mais feliz, né? Eu confesso que, como meus filhos são adolescentes e bem independentes, adoro meu filhote ao meu redor! E saber que tenho a possibilidade de levá-lo a alguns lugares me deixa bem feliz.

Ah, antes que alguém aí diga: "vá cuidar de gente!" Eu já respondo: Sou ativista na causa do câncer e ajudo muita gente, e de todas as idades! 

E você? O que acha desse universo pet? Dê sua opinião? Não esqueça de se cadastrar aqui no canal Curitiba É para postar,  nos comentários, fotos do seu amiguinho contando o nome e a raça.


O que é a Praça Família?

Aqui todos os assuntos são tratados sob a ótica da Família.  E é bom que se diga, família tem todo tipo de formato. Cada um tem a sua. Por isso, histórias, serviços, ideias, eventos, tudo o que puder interessar a um família, terá espaço por aqui. 
Sub-Prefs: Vanusa Vicelli

Sabe como você pode participar ?

  1. Você pode comentar os posts que eu escrevo.
  2. Pode escrever seu próprio post aqui na Praça Família com seu assunto de interesse nesse universo. Mas antes, siga a praça para poder postar ok?!
  3. Ou envie sugestões, críticas, ideias  para mim,  Vanusa Vicelli, via mensagem no meu perfil:)

CONHEÇA AS OUTRAS PRAÇAS QUE EXISTEM AQUI NO CANAL

Ler matéria completa
Indicados para você