[ editar artigo]

Fui chamada de 'velha maluca' no cinema!

Fui chamada de 'velha maluca' no cinema!

Falar de 60+ não é fácil. Mas vamos lá, já enfrentei desafios bem mais difíceis. 
Embora sejamos constantemente reclassificados (já explico), e vivamos numa sociedade “moderna” e cada vez mais longeva, idade ainda é um tabu danado.

Outro dia, à guisa de ofensa, fui chamada de velha por uma mulher que dificilmente era muito mais nova que eu. Ela procurou fundo no cérebro por alguma coisa que me machucasse e tascou: “sua velha maluca”. Era pra doer na alma. Confesso que levei um baque inicial; mais pela escolha da ofensa que por outra coisa. Mas não dá pra esconder o que se passa na nossa sociedade, cheia de preconceitos e dedicada ao culto da juventude e, sobretudo, da aparência.

Mas vamos ao que interessa. Antes de muitas explicações e propósitos que tenho ao ocupar este espaço, vou começar minha participação por aqui com um exemplo de quem enfrenta a vida com muita garra – o exemplo do jornalista paranaense Luiz Geraldo Mazza, 87 anos, dois empregos e muita lucidez que ainda surpreende e assusta. Depois a gente conversa sobre essa praça.

Primeiro o mais importante: em plena atividade e sem papas na língua, Mazza é o decano do nosso jornalismo e, apesar da larga experiência, está sempre aberto às novas gerações, disposto a dividir o que sabe e orientar quem estiver disposto a ir fundo na profissão.

Com tanta estrada nas costas, Mazza estava ativo durante o golpe de 1964 e sofreu suas consequências – respondeu a inquérito militar (IPM) e perdeu o cargo que ocupava na Procuradoria do Estado. É sobre ele e sua luta pelo jornalismo e liberdade de expressão o documentário em que estou trabalhando; pra produzi-lo, lancei uma campanha de financiamento coletivo no Kickante  http://www.kickante.com.br/campanhas/mazza-historia-liberdade-expressao

Vai lá, dá uma olhada e me diz sua opinião, o que você pode fazer aqui mesmo pelo Canal Curitiba É. Conto com seu apoio e palpites.

 



O que é a Praça 60+? 
A vida  após os 60 anos em Curitiba é a temática dessa praça. Vamos lá, pegue seus PRE conceitos, os seu NÃO conceitos,  suas dúvidas, suas propostas, seus problemas, suas dádivas e venha compartilhar com a gente nessa pracinha chamada PRAÇA 60+. MAIS  ideia, MAIS  disposição, MAIS  informação, mais conhecimento, MAIS  solidariedade, MAIS  respeito. Venha. Meu nome é Miriam Karam, faço parte do time do 60+ anos,  e estou aqui pra participar com você dessa experiência. 
Participe:
1. Comente os posts
2. Faça seu post e publique diretamente nessa praça. Pra isso, você precisa seguir a praça e pronto: já pode publicar nela.
3. Mande sugestões pra praça, clicando sobre meu nome e mandando uma mensagem diretamente inbox pra mim, Miriam Karam.

CONHEÇA AS OUTRAS PRAÇAS DESSE CANAL

 

 

Canal Curitiba É
Ler matéria completa
Indicados para você